quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Capim santo e seus benefícios

O capim-santo (Cymbopogon citratus) tem aplicações tão variadas quanto os muitos nomes que recebe!
Usado como analgésico e no tratamento gastrointestinal. O capim santo pode ser ingerido como um sedativo leve e é também indicada para auxiliar em problemas estomacais e na expulsão de gases além de ser um analgésico e um anti reumático natural.

Uso tradicional

Digestão, nervosismo, hipertensão, inchaço, depressão, agitação, insônia, infecções da pele, aliviar dor muscular, tosse, asma, catarro, dor de cabeça, febre, transpiração, pé-de-atleta, analgésico suave, convulsões, diarreia, depurativo, aumentar a produção de leite materno, combater doenças do fígado, reumatismo, rins, stress, tensão muscular, limpeza de pele oleosa.
do de preparo Chá e o Suco

Como preparar o chá ou suco

Use as folhas frescas, colhidas na hora do preparo.

Chá: Pegue 4 a 6 folhas frescas e lave bem. Corte as folhas em pedaços pequenos numa xícara bem limpa. Derrame água que acabou de ferver em cima das folhas cortadas. Depois, cubra a xícara e deixe corar. Nunca ferva as folhas, pois elas perdem muito de seu efeito. Para preparar meio litro de chá, use 20 folhas. Essa quantidade dá para 4 xícaras. Tomar 2 a 3 vezes por dia. Caso precise poderá tomar um pouco mais.

Suco com limão: Triturar no liquidificador 40 folhas do capim-santo com 1 litro de água gelada e em seguida coar. Adicionar o sumo de 2 limões e açúcar a gosto. O Consumo deve ser imediato.

O uso é recomendado para pessoas acima de 12 anos, devido sua ação ansiolítica e sedativa.

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Os benefícios do abacaxi

O abacaxi é uma das frutas mais consumidas no Brasil. Hoje vamos falar quais são os maiores benefícios do abacaxi, para que serve e que propriedades fazem dele uma fruta funcional.


Origem e características do abacaxi

O abacaxi é uma fruta originária do Brasil e Paraguai, e foi levado para a Europa em 1493, com a descoberta da América pelos espanhóis. Nos séculos XV e XVI o abacaxi se espalhou pelo mundo todo levado pelos marinheiros europeus. A fruta era extremamente útil na prevenção do escorbuto em alto mar, uma doença bastante grave causada pela falta de vitamina C.
Historicamente, o Havaí é o maior produtor mundial de abacaxi, fornecendo principalmente para os Estados Unidos. Hoje as Filipinas, o Brasil e a Costa Rica também são grandes produtores.
O abacaxi é uma espécie da família das bromélias, umas das únicas dessa classe a produzir frutos comestíveis. A fruta é composta da união de muitos pequenos frutilhos fundidos em torno do núcleo central. A sua polpa é amarela ou esbranquiçada, muito suculenta e carnuda com a haste que serve como apoio fibroso central, aquela parte do abacaxi que algumas pessoas não comem.
A casca externa é dura, áspera e escamosa, podendo ser verde, amarela, laranja ou amarelo avermelhada. Há ainda a coroa de folhas duras e espinhos. Daí entende-se a provável origem da expressão popular “descascar abacaxi”, que significa resolver algum problema difícil.
Cada unidade pode medir até 30 cm e pesar até 4 quilos ou mais.

Para que serve o abacaxi

É uma ótima opção de sobremesa nos dias quentes, podendo ainda ser usado para fazer sucos, saladas de frutas, doces, geleias, em combinação com pratos salgados e até mesmo assado, para acompanhar aquele famoso churrasco.
É rico em água, ajuda a hidratar o corpo, tem vitaminas, sais minerais e fibras, essenciais para a saúde.
Devido à presença de bromelina, uma enzima capaz de digerir proteínas, o abacaxi é muito usado como amaciante para carnes menos nobres. A carne é deixada marinando algum tempo no suco de abacaxi para que fique mais macia pela ação da enzima.



Ajuda a perder peso
Comer uma fatia de abacaxi após as refeições, na lanche da manhã ou da tarde vai te ajudar a manter a dieta e perder os quilinhos extras. Isso porque o abacaxi contém muita água (cerca de 87% do seu peso é de água) e fibras, além de baixa densidade calórica, apena 50 calorias por fatia. Essa combinação faz com que você se sinta satisfeito por mais tempo, e com poucas calorias. Além disso, ajuda a matar ou pelo menos enganar aquela vontade de comer doces e não fugir da dieta. Assim, você come menos e ainda tem o benefício de todas as vitaminas e minerais da fruta.
Claro que o consumo exagerado e sem encaixar adequadamente na sua dieta pode prejudicar o emagrecimento e até levar ao ganho de peso, pois contém carboidratos. Por isso deve-se sempre consumir o abacaxi com moderação e contabilizar as calorias no seu balanço diário, que deve ter um deficit de calorias caso seu objetivo seja perder peso. O emagrecimento é um dos benefícios do abacaxi mais desejados.

Ajuda no alívio das dores pós treinamento
A bromelina, uma enzima presente no abacaxi, possui efeitos anti-inflamatórios e é muito útil para os praticantes de atividades físicas que sofrem com o inchaço e dores após o treinamento, traumas, lesões musculares e dores nas articulações. Portanto, ajuda no rendimento de atletas e não atletas por otimizar o tempo de recuperação muscular e pode ser um excelente aliado para seus treinos.

Pode ajudar no ganho de massa muscular
É muito interessante descobrir os benefícios do abacaxi para a boa forma. Pessoas com objetivo de ganho de massa magra geralmente têm dietas ricas em proteínas. A bromelina é uma enzima que atua na digestão das proteínas, melhorando a quebra destas em aminoácidos, que são os componentes absorvidos pelo intestino e que irão ser utilizados como recurso pelos músculos para recuperação e construção de mais tecido muscular. Assim, o abacaxi ajuda a melhorar a digestão das proteínas em aminoácidos, otimizando o valor nutricional dos alimentos ricos nesse nutriente e o suprimento para os músculos.
Quando consumido após o treinamento, o abacaxi também é uma boa fonte de carboidratos para a recuperação muscular imediata, uma vez que o exercício promove o consumo do glicogênio armazenado nos músculos e um treino mais intenso pode, inclusive, levar ao início da degradação de massa muscular como fonte energética.
Além disso o abacaxi também contém potássio. Apesar de não conter quantidades extremamente elevadas – uma porção de 100 g de abacaxi fornece cerca de 5% das quantidades diárias recomendadas – ele pode ser um aliado de outros alimentos que também contém esse mineral para que você consiga atingir a ingestão adequada. O potássio tem papel fundamental no equilíbrio de eletrólitos do organismo, na contração muscular e cardíaca, melhorando o desempenho esportivo e evitando a fadiga.

Melhora a pele e o cabelo
Por ser extremamente rica em vitamina C, comer abacaxi e até mesmo usá-lo externamente pode trazer muitos benefícios para a pele. Essa vitamina estimula a produção de colágeno e elimina os radicais livres, ambos relacionados à firmeza, hidratação e sinais da idade. Além disso combate a acne e melhora a cicatrização.
Para o uso externo basta aplicar o suco recém feito na pele e deixar agir por 10 minutos, enxaguando em seguida. Não se deve aplicar na região dos olhos para evitar irritação. A vitamina C se oxida rapidamente quando em contato com o ar, por isso não terá ação caso a fruta não esteja fresca.
A bromelina presente no abacaxi também traz benefícios para a pele por ter ação anti-inflamatória, melhorando a acne, problemas no couro cabeludo, rachaduras nos pés, etc.
Uma mistura do suco de abacaxi com óleo de coco também pode ser um excelente alívio natural para rachaduras nos lábios.

Ajuda na digestão
Pela ação na quebra de proteínas, a bromelina auxilia o organismo da digestão de alimentos ricos nesse nutriente, ajudando a melhorar a sensação de mal-estar após uma refeição exagerada por exemplo. Além disso as fibras vão ajudar no funcionamento do intestino e aliviar o inchaço e a constipação.

Ajuda no controle da coagulação sanguínea
A bromelina mostrou ainda efeitos na coagulação do sangue, ajudando na sua redução. Portanto, o abacaxi também pode ser um excelente alimento para quem faz viagens de avião por longos períodos, quando o risco de trombose é aumentado, além de outros pacientes com doenças relacionadas à alta taxa de coagulação.

Sistema imunológico mais forte e ação antioxidante
Uma fatia de abacaxi de 100 g fornece 80% das necessidades diárias de vitamina C. Essa vitamina, também chamada ácido ascórbico, é fundamental para o bom funcionamento do sistema imunológico, prevenindo gripes, resfriados, outros tipos de infecções, doenças cardíacas, protegendo os vasos sanguíneos e auxiliando no funcionamento das células brancas do sangue, que são as principais células de defesa.
Além disso a vitamina C é um potente antioxidante, combatendo os radicais livres internos e externos ao organismo, doenças como aterosclerose e câncer e o envelhecimento precoce.

Vitaminas e minerais encontrados no abacaxi
Vitamina A: atua na saúde da pele e mucosas e é essencial para a visão, protegendo contra cegueira noturna;
Betacaroteno: potente antioxidante, proteção contra câncer, degeneração macular, entre outras doenças;
Vitaminas do complexo B (folato, niacina, tiamina e riboflavina): muito importantes no metabolismo de proteínas, lipídeos e carboidratos.
Cobre: ação na formação das células vermelhas e fixação de ferro na hemoglobina para transportar oxigênio por todo o corpo.
Zinco: atua no metabolismo de proteínas e ácidos nucleicos, formação de DNA, cicatrização e estimula a ação de mais de 100 enzimas.







Benefícios do óleo de copaíba

Copaíba é uma árvores comumente encontradas na floresta amazônica. É dela que vem o óleo de Copaíba, uma potência de óleo com muitas propriedades valiosas. Com altos níveis de beta-cariofileno (um produto químico também encontrado na maconha) e um perfil aromático único, o óleo de Copaíba ajuda a criar uma atmosfera relaxante quando difundido ou aplicado topicamente.
Para extrair o óleo de copaíba, é feito um pequeno furo no tronco da árvore até o centro da mesma, de onde o óleo escorre naturalmente. Após a extração, o orifício deve ser fechado para que a árvore não morra e volte a produzir o óleo novamente.

Quais são os benefícios do óleo de Copaíba?

O óleo de copaíba conta com ácido canrenoico e também cariofileno, que são as duas propriedades mais importantes nos seus benefícios para o corpo. Graças a estas duas propriedades, o óleo de copaíba é um poderoso anti-inflamatório natural e também antibiótico.

Para que serve o óleo de Copaíba?

Por ser um evidente e poderoso anti-inflamatório e antibiótico natural, o óleo de copaíba é indicado para o alívio de dores musculares, ativação da circulação, desintoxicação do organismo, antisséptico, expectorante, laxante e etc. Além disso, o óleo de copaíba também é muito indicado para tratamentos capilares e da epiderme.

De uma forma simples, o óleo de copaíba é indicado e serve para os seguintes casos:

- Alívio e relaxamento de dores musculares
- Ativação da circulação sanguínea
- Anti-inflamatório para as mais variadas inflamações do corpo, aliviando inchaços por exemplo
- Antibiótico natural poderoso
- Tratamento rejuvenescedor da pele e cabelo
- Laxante natural e também eficiente diurético
- Combate a irritação da pele
- Tratamento de artrite

Onde adquirir o óleo de copaíba

Ainda não é muito comum encontrar o óleo de copaíba em supermercados, embora alguns já ofereçam este produto em seus departamentos de higiene. O óleo de copaíba é facilmente encontrado em farmácias e lojas de produtos naturais ou de manipulação. Em geral pode ser adquirido em um pequeno frasco ou mesmo grandes recipientes diluídos.

Contraindicações do óleo de copaíba

Em questões gerais, o óleo de copaíba deve ser administrado diretamente sobre a pele para tratar as mais diversas questões já indicadas. Há casos em que o óleo de copaíba deverá ser ingerido para que tenha efeitos mais evidentes no organismo. Neste caso, no entanto, é importante observar que a recomendação de um médico é importante, pois a ingestão deliberada e sem acompanhamento médico do óleo de copaíba pode ser perigosa, pois altas quantidades de óleo são tóxicas para o organismo.