sábado, 1 de julho de 2017

Distúrbios da tireoide. O que é?

Desordens da tireoide

Distúrbios da tireoide são condições que afetam a tireoide, uma glândula em forma de borboleta localizada na parte inferior do pescoço. A tireoide tem um papel importante na regulação de numerosos processos metabólicos de todo o corpo. Diferentes tipos de distúrbios podem afetar a estrutura ou a função da tireoide.

Distúrbios da tireoide. O que é? Foto divulgação
Uma área fina de tecido em meio da glândula, conhecido como o istmo, une os dois lóbulos da tiroide em cada lado. A tireoide utiliza o iodo para produzir os hormônios vitais, sendo que os principais são a tiroxina (T4) e a triodotironina (T3). Esses hormônios são responsáveis pelo nosso metabolismo basal, ou seja, é ele que estimula as células a trabalharem e garante que tudo funcione corretamente no corpo.

A função da glândula tireoide é regulada por um mecanismo de auto controle que envolve o cérebro. Quando os níveis de hormônios da tiroide estão baixos, o hipotálamo no cérebro produz um hormônio conhecido como liberador de tirotropina (TRH), que faz com que a glândula pituitária (localizado na base do cérebro) libere o hormônio estimulador da tireoide (TSH).


Os distúrbios da tireoide ocorrem quando essa glândula pára de funcionar corretamente, podendo produzir mais ou menos hormônios do que o normal. Uma vez que a glândula tireoide é controlada pela glândula pituitária no e pelo hipotálamo, distúrbios de estes nestes tecidos também podem afetar a função da tireoide.

Existem quatro tipos principais de doença da tireoide:

Hipertireoidismo (excesso de hormônio da tireoide)
Hipotireoidismo (redução de hormônio da tireoide)
Nódulos e Bócio benignos da tireoide (não cancerígena)
Câncer da tireoide.

Sintomas de Distúrbios da tireoide

Os sintomas de hipertireoidismo, em que o corpo produz muitos hormônios da tireoide, podem incluir:

-Perda de peso
-Aumento do apetite
-Aumento da frequência cardíaca, palpitações cardíacas, aumento da pressão arterial, nervosismo e transpiração excessiva
-Evacuações mais frequentes, às vezes com diarreia
-Fraqueza muscular, mãos trêmulas
-Desenvolvimento de bócio (aumento do volume do pescoço - “papo”)

-Alteração dos ciclos menstruais e fertilidade.

Exames
Além da história médica completa e exame físico, exames especializados são usados para diagnosticar distúrbios da tireoide. Veja:

Exames de sangue para medir os níveis de hormônios tireoidianos e TSH
Exames de imagem para investigar o tamanho e a presença de nódulos na tireoide
Biópsia e Punção aspirativa por agulha fina
Cintilografia de Tireoide

Para saber sobre o assunto, procure um médico.
Fique de olho em sua saúde, é melhor prevenir que remediar.
Até a próxima.

Fonte: Minha vida