quinta-feira, 19 de julho de 2018

Benefícios do Jiló

Muitas vezes rejeitado por seu sabor amargo, o jiló deveria fazer mais parte do cardápio das pessoas, pois ele possui grandes benefícios à saúde.

Muito confundido como legume, na realidade, é um fruto, parente da berinjela, do pimentão e do tomate, todos pertencentes à mesma família vegetal, Solanáceas.
Benefícios do jiló
1- Perda de peso
Se comidas de baixas calorias devem fazer parte da alimentação de quem deseja emagrecer, então o jiló é algo que não pode ficar de fora das refeições. É que o seu teor calórico é bastante baixo: uma unidade traz somente oito calorias.

Mas não é só isso, por possuir um alto teor de água – o líquido representa 90% de sua composição – e uma boa quantidade de fibras o alimento promove a sensação de saciedade ao organismo.

Obviamente, não é a simples adição do jiló à dieta que trará a perda de peso, além de ingeri-lo, é fundamental seguir uma alimentação saudável e equilibrada e praticar exercícios físicos com frequência.

2- Visão
Uma pesquisa que buscava determinar os malefícios trazidos pelo consumo excessivo do alimento poderia causar à visão, acabou provando que um dos benefícios do jiló é justamente em relação aos olhos.

O experimento analisou homens do sexo masculino com glaucoma e descobriu que a ingestão do fruto não causa desconforto para a visão e que ele pode ajudar a diminuir a pressão ocular em pacientes que sofrem com a doença.

3- Saúde bucal
Comer jiló estimula a salivação e promove uma ação bactericida, o que traz uma limpeza à boca e auxilia a melhorar o hálito.

4- Saúde do coração
O jiló também auxilia a saúde do coração por ser fonte de vitamina B1 – ou tiamina – um nutriente que é necessário para o funcionamento apropriado do coração. Além disso, o fruto traz o potássio em sua composição, que atua na regulação da pressão sanguínea a também ajuda em relação à função cardíaca.

5- Proteção às artérias
Outro dos benefícios do jiló é o de oferecer proteção às artérias. Isso acontece porque ele é fonte de flavonoides, compostos com propriedades antioxidantes que trazem essa proteção a esses vasos sanguíneos, impedindo que haja o acúmulo de colesterol.

Depósitos de colesterol nas artérias podem criar placas de gordura, o que as torna mais estreitas e prejudica a circulação do sangue. Quando a substância se acumula na região, pode haver um entupimento, o que é fator de risco para um ataque do coração.

Esse acúmulo também pode resultar no desenvolvimento da aterosclerose, uma doença que tem como sintomas a dor no peito ou nas pernas, falta de ar, fadiga e sensação de fraqueza e que pode necessitar de um procedimento cirúrgico para ser tratada.
6- Ajuda no combate à anemia
Para quem sofre com a anemia ferropriva, ou seja, a anemia decorrente da deficiência de ferro no organismo pode se beneficiar com o jiló. É que o alimento é fonte do mineral e segundo um estudo divulgado na publicação International Journal of Science and Research (Jornal Internacional de Ciência e Pesquisa, tradução livre, IJSR), a ingestão do fruto, acompanhado de alho e amendoim, é capaz de proteger o baço – órgão responsável por produzir, controlar e armazenar células sanguíneas, de animais com anemia.

Vale ressaltar que a anemia ferropriva traz consigo uma diminuição na produção de glóbulos vermelhos, que atuam no transporte de oxigênio no organismo.

Outro ponto importante é que enquanto quem tem ausência de ferro se beneficia com o alimento, pessoas que já possuem altas doses do nutriente em seu corpo e não o eliminam com facilidade podem sofrer com o excesso do mineral.

A condição é chamada de hemocromatose, causa vômitos, diarreia, lesões intestinais, fadiga, sores nas articulações, mudança na libido, alterações na cor da pele e doenças no fígado. Em casos mais graves a doença causa cirrose, insuficiência cardíaca, diabetes e problemas endocrinológicos.

7- Previne doenças
Suas propriedades anticancerígenas e seu alto teor de fibras combinados com a sua baixa quantidade de gorduras auxiliam na prevenção de problemas de saúde como o câncer colorretal e a prisão de ventre.

8- Controla a diabete
O jiló contribui com o controle da absorção de glicose devido às suas fibras e ao seu baixo número de carboidratos. Isso evita picos e quedas bruscas na taxa de açúcar do sangue, o que é especialmente perigoso para as pessoas que possuem diabetes.

Informação nutricional do Jiló:
Energia: 38 calorias,
Carboidratos: 7 g
Gorduras: 1 g
Fibras: 2,8 g
Proteínas: 1,37 g
Composto em grande parte por água, o alimento também é fonte de vitamina A, vitamina C, vitaminas do complexo B, fósforo, cálcio, ferro, fibras e potássio.


Receita de salada de jiló light
Ingredientes:
10 jilós cortados em rodelas finas;
Suco de limão a gosto;
Sal a gosto;
1 pimentas dedo de moça fatiadas;
1 dente de alho espremido;
2 colheres de sopa de cebolinha verde.

Modo de preparo:
Lave os jilós, corte as pontas e jogue fora. Corte o jiló em rodelas finas e deixe de molho na água com suco de limão por meia hora para tirar o amargor. Escorra e passe o jiló em água corrente. Em um bowl coloque o jiló escorrido, o suco de limão a gosto para temperar, o alho espremido, as pimentas, sal a gosto e cebolinha. Misture bem até incorporar. Leve para gelar até a hora de servir.

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Benefícios do tomate

O tomate é uma excelente opção de salada, e faz parte da alimentação da maioria das pessoas no mundo inteiro.
O tomate, além de dar cor e sabor aos pratos, oferece um grande benefício à nossa saúde.
O tomate é um alimento que têm mil e uma utilidades. Você pode usá-lo para fazer molhos, sopas, saladas ou cozinhar, pode ser um acompanhamento, além de ter uma grande variedade de tipos de tomate - alguns com sabor mais ácido e outros mais adocicados. Mas as vantagens desse fruto vão muito além da versatilidade, já que ele tem nutrientes que contribuem para a sua saúde. Rico em vitaminas, minerais e antioxidantes, o ingrediente é considerado um superalimento e sua inclusão na dieta traz benefícios para os cabelos, para o sistema cardiovascular e até no combate ao câncer. Descubra as principais vantagens do tomate para a saúde:
Veja alguns dos benefícios que o tomate pode oferecer à nossa saúde

1- Melhora a saúde dos olhos
Por ser um fruto rico em propriedades antioxidantes, estudos científicos já mostraram que o tomate é capaz de evitar a degeneração macular, que atinge muitas pessoas em idades mais avançadas. Além disso, por conter licopeno e vitamina A em sua composição, os efeitos do consumo diário do tomate pode ser de efeitos positivos para a saúde dos olhos.

2- Auxilia na perda de peso
O tomate pode ser um grande aliado para quem está buscando emagrecer de forma rápida e saudável. Pesquisas em torno do fruto já mostraram que o tomate pode reduzir o risco da obesidade, não só por ser rico em nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo, mas também por conter um baixo teor calórico (são apenas 21 calorias por cada 100 gramas de fruto).

3- Previne o câncer
Estudos já comprovaram que o tomate é uma grande fonte de fitonutrientes e antioxidantes, que são elementos associados à redução do risco de câncer em humanos. Dentre os tipos de cânceres que podem ser evitados com o consumo do tomate estão o de próstata, de pulmão e o de pâncreas.

4- Previne doenças cardiovasculares
O tomate possui substâncias com propriedades antioxidantes, como a vitamina C e o licopeno, que são essenciais para melhorar a saúde do coração. Isso porque esses nutrientes são capazes de transportar uma maior quantidade de oxigênio para a corrente sanguínea, melhorando o fluxo de sangue a circulação. Os resultados são de redução dos níveis de colesterol e melhora dos perfis sanguíneos de gordura.

5- Controla e previne o diabetes
Por conter uma fonte riquíssima do mineral cromo, o tomate pode ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue, o que é essencial para pacientes diabéticos ou para prevenir o desenvolvimento da doença em pessoas saudáveis.
6- Combate inflamações no corpo
Devido à presença de substâncias anti-inflamatórias e os seus elevados níveis de propriedades antioxidantes em sua composição, como os carotenoides, o tomate pode combater diversos tipos de inflamações nos órgãos.

7- Fornece potássio ao organismo
O tomate é rico em nutrientes, como o potássio, que é uma vitamina com grande deficiência na alimentação humana. Para quem não sabe, a falta de potássio nas refeições cotidianas podem levar ao desenvolvimento de doenças cardíacas, hipertensão arterial, câncer, derrame, artrite e distúrbios digestivos.

8- Previne o Mal de Alzheimer
De acordo com pesquisas realizadas em torno do fruto, o tomate pode ajudar a reduzir os riscos da doença de Alzheimer e, ao contrário disso, aumentar as nossas funções neurológicas.

9- Ajuda na manutenção dos ossos
É comprovado que o tomate, graças aos antioxidantes – como o licopeno – presentes em sua composição que o fruto pode ajudar na saúde óssea. Ele ajuda a prevenir o estresse oxidativo dos ossos. Além disso, o potássio encontrado entre os seus nutrientes também pode ser essencial para ajudar na manutenção dos ossos.

10- Melhora o sono
Graças à presença do licopeno em sua composição, o tomate também é capaz de melhorar a qualidade do sono. Por isso, muitos médicos recomendam tomar uma sopa de tomate ou inseri-lo na salada no jantar. Isso faz que com a pessoa durma melhor.

11- Faz bem para os cabelos
Rico em vitamina A, o tomate também pode ajudar a fortalecer os cabelos, além de dar mais brilho e vida aos fios opacos ou danificados. Ainda, o fruto pode auxiliar na remoção de tinturas e manter a cor natural das madeixas, devido à acidez presente nele.

No caso de quem sofre com caspa e coceira no couro cabeludo, o tomate também pode ajudar a cuidar desse problema. Basta aplicar o suco do fruto no cabelo e na raiz após a lavagem, deixando-o agir por, pelo menos, cinco minutos. Depois, é só enxaguar as madeixas com água fria.

12- Mantém a pele saudável
Por conter licopeno em sua composição, um antioxidante super importante para a saúde da pele, o tomate pode proteger a nossa derma dos danos causados pelos raios solares, além de eliminar a sensibilidade trazida pelo sol.

O resultado é de menos rugas e linhas de expressão na pele do rosto. Ainda, o fruto pode minimizar os poros dilatados da pele, curando acnes, erupções cutâneas e queimaduras.

13- Auxilia o ganho de massa muscular
O tomate possui em sua composição uma substância chamada de tomatidina, que inibe a atrofia muscular. Portanto, o fruto – principalmente, aqueles ainda verdes – ajuda a estimular a síntese proteica, favorecendo o crescimento dos músculos do nosso corpo.
Pesquisas também já mostraram que o consumo de tomate após a atividade física pode ajudar a aumentar a resistência muscular e, ainda, favorecer a recuperação dos músculos de forma eficiente.

terça-feira, 17 de julho de 2018

Você já comeu maxixe? Experimente e aproveite seus benefícios

O maxixe é uma hortaliça muito conhecida no Brasil, principalmente em locais mais quentes onde a planta consegue se desenvolver melhor e a oferta em feira e mercados é maior. Tem sua origem na culinária africana e é bastante utilizado tanto na região Norte quanto na Nordeste. Também é usado na culinária árabe onde é comum vir recheado.

Por ser um prato tão apreciado e famoso, o maxixe é bastante consumido e consegue oferecer as mais diversas propriedades. Ele faz muito bem para à saúde e, portanto, deve ser consumido com frequência.
Os benefícios do maxixe:
Melhora o sistema imunológico
O maxixe contém um mineral chamado zinco. Essa substância tem um papel de extrema importância para a nossa saúde por aumentar as defesas do organismo. É graças a ele que, quando somos atacados por vírus, fungos ou bactérias, novas células de defesa são fabricadas para melhoras as barreiras do nosso corpo.

Pessoas que consomem pouco zinco estão mais propensas a adquirir doenças ou mesmo permanecer doentes por mais tempo. Esse mineral também contém poder antioxidante ajudando o nosso corpo a eliminar os radicais livres que fazem tão mal para a saúde.

Outro nutriente presente no maxixe e que também ajuda a manter a saúde em dias é a vitamina C. Quem nunca recorreu à laranja, limão ou acerola num momento de gripe ou problemas de garganta?  A vitamina consegue aumentar os níveis de anticorpos presentes no organismo.

Auxilia na prevenção da osteoporose
Graças ao cálcio presente no maxixe, esse alimento é participativo na manutenção de ossos, dentes e cartilagem. Pessoas acima de 60 anos devem consumir 1200 mg de cálcio por dia, já os adultos, não importando o sexo, a dose ideal diária é de 1000 mg por dia. Além de ingerir alimentos que conseguem oferecer cálcio, é ideal também consumir os que possuem boas doses de vitamina D, que ajudam na absorção no cálcio pelos ossos.
Contração Muscular
Além disso, o mineral também ajuda em outras funções do corpo, como na contração muscular, por exemplo. São os íons cálcio que regulam o relaxamento e a contração muscular: quando há íons disponíveis o músculo se contrai e quando há ausência deles o músculo relaxa. Portanto comer maxixe também ajuda nos treinos.

Contém fósforo
O fósforo é um mineral que atua nas mais diversas funções do nosso corpo. Ele também participa da contração muscular, auxilia a metabolizar os carboidratos, libera energia para o nosso corpo através de diversas reações químicas, auxilia a formar ossos e dentes e também faz parte das nossas membranas celulares.

Previne a anemia
Creio que muitos sabem que a falta de ferro no sangue pode provocar anemia. O maxixe é rico em ferro e portanto pode auxiliar tanto na prevenção quanto como um coadjuvante no tratamento. Esse mineral é essencial para levar oxigênio para os tecidos orgânicos. A produção de hemoglobina diminui e com isso não há como carrear a molécula de oxigênio.

Melhora a aparência da pele
A presença de vitamina C no maxixe é uma grande vantagem para manter a pele cada vez mais saudável. Essa substância é um dos ingredientes para a produção de uma proteína chamada de colágeno. É ela que fornece firmeza para a pele. Além de amenizar as linhas de expressão também ajuda a reduzir o aspecto de casca de laranja da celulite. Também possui ação antioxidante.

Suco de maxixe no emagrecimento e controle da diabetes
Existem relatos que o suco de maxixe ajuda no emagrecimento por causar maior saciedade e reduzir a vontade de comer. Assim como também existem relatos que o maxixe ajuda a baixar a glicemia e é benéfico para quem tem diabetes, mas até o momento não existem estudos que comprovem a eficácia.
Além dos citados acima, os benefícios do maxixe também estão ligados ao emagrecimento, sendo capaz de causar saciedade e reduzir o apetite.

Alguns estudos sugerem que o consumo de maxixe esteja relacionado à redução da glicemia e do colesterol ruim. Além disso, pode ser utilizado como coadjuvante nos processos de cicatrização de ferimentos diversos.

O maxixe é um alimento benéfico para o corpo todo, com custo acessível e fácil de encontrar em feiras e mercados.

Pode ser preparado cozido, em ensopados como é feito na culinária nordestina, ou recheado, como é feito na culinária árabe. Receitas não faltam para apreciar essa delícia!

Você já comeu maxixe? Experimente e aproveite seus benefícios.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Limão e seus benefícios

O limão é um fruto muito versátil, que pode ser usado tanto como tempero em diversos pratos de carne ou peixe, como na preparação de sobremesas ou sucos ricos em vitamina C. Cada 100 gramas e limão possui apenas 26 calorias, e os seus benefícios podem ser obtidos usando o seu suco ou raspas da casca, rica em óleos essenciais.
"Por conter níveis de potássio, o limão atua como diurético, já que o mineral contido na fruta auxilia na eliminação de sódio e facilitando a produção de urina. Além disso, a casca é rica em monoterpenos, moléculas dos óleos cítricos que penetram com facilidade nos tecidos do corpo, ajudando a regular a absorção de açúcares e o armazenamento de gordura".

Por que comer limão faz tão bem para a saúde?

1 - Combate gripes e resfriados: O limão possui uma grande quantidade de vitamina C, responsável por impedir as inflamações no organismo e melhorar os mecanismos de defesa, fortalecendo assim o sistema imunológico e diminuindo o desenvolvimento de gripes, resfriados e outras enfermidades.

2 - Possui efeito detox no organismo: Presente na alimentação detox, o limão possui propriedades que ajudam a limpar o corpo, favorecendo o processo digestivo e a absorção de outros nutrientes. Esse efeito ainda é capaz de desinchar o corpo.

3 - Previne o envelhecimento precoce: Por ser uma perfeita fonte de antioxidantes, a fruta é melhora a qualidade da pele, impedindo a degeneração das células e o aparecimento de rugas e marcas de expressão. Fonte também de vitamina A, o limão mantém a pele hidratada e limpa por mais tempo.
4 - Diminui os riscos de câncer: Os compostos químicos presentes na fruta, tal como os "limonoides", são responsáveis por atuar na diminuição das células cancerígenas, causadoras do câncer de pele, mama, pulmão, boca, estômago e cólon.

5 - Faz bem ao coração: O mineral potássio torna o limão essencial para diminuir os níveis da pressão arterial e melhorar o funcionamento do sistema cardiovascular, reduzindo as chances de infarto ou derrame.

6 - Previne a anemia: O limão também possui o ferro em sua composição, sendo ideal para prevenir a anemia, diminuir a fadiga, tontura e dores de cabeça causadas pela deficiência do mineral no organismo.

7 - Favorece o emagrecimento: Além de desintoxicar o organismo, a fruta também possui fibras alimentares em sua composição, sendo importante para garantir saciedade, ajudar a diminuir as medidas e ainda favorecer o processo digestivo, impedindo a constipação e prisão de ventre.
A melhor maneira de obter todos os benefícios do limão é tomando o seu suco, é recomendável também usar a sua casca ralada, que é onde estão concentrados os óleos essenciais deste fruto. 

Forte e picante, a pimenta trás benefícios à saúde que você jamais imaginou.

Nativa das Américas, a pimenta ganhou o mundo após ser descoberta por Cristóvão Colombo, sendo hoje encontrada na forma de dezenas de espécies diferentes.
As pimentas agradam o paladar de muitos e são benéficas para o organismo por possuírem atividades antimicrobiana, anti inflamatória, anticancerígena, melhoram a digestão, diminuem os níveis de colesterol e, por ter efeito termogênico, ou seja, acelerar o metabolismo, ajudam a emagrecer. Mas nem todas as pimentas trazem esta lista de vantagens. Para colher tais benefícios é preciso que a pimenta seja do gênero Capsicum.

Esse grupo de pimentas já eram consumidas pelos índios brasileiros e em toda a América Latina antes mesmo da chegada dos europeus no Novo Mundo. Essas pimentas são os tipos mais interessantes para a saúde porque têm como princípio ativo os capsaicinoides.

As principais pimentas do gênero Capsicum produzidas no Brasil são: Jalapeno, pimenta de cheiro, pimenta de bode, cumari-do-Pará, malagueta, dedo-de-moça, murupi, biquinho e cambuci ou chapéu de frade. A quantidade de capsaicinoides de cada uma destas pimentas varia de acordo com a ardência dos frutos, quanto mais picante, maior a quantidade do princípio ativo.
1- Antioxidante
As pimentas do gênero Capsicum (vermelha, malagueta, dedo-de-moça, cambuci, jalapeño, americana, cumari-do-pará, de cheiro, murupi, entre outras) possuem substâncias que previnem doenças como diabetes, câncer e problemas do coração. Os antioxidantes são importantes também por combaterem o envelhecimento precoce.

2- Facilita a digestão
Ingerir pimenta aumenta a salivação e a secreção gástrica, o que potencializa a produção de enzimas e suco gástrico e facilita a digestão.

3- Acelera o metabolismo
O consumo eleva a temperatura do organismo e aumento o gasto calórico. A presença de capsaicina também previne o acúmulo de gordura na região da barriga.

4- Ajuda a emagrecer
A pimenta vermelha pode ser útil no emagrecimento por estimular o sistema nervoso, gerando aumento da liberação de catecolaminas, noradrenalina e adrenalina. Essas substâncias diminuem o apetite.

5- Controle do colesterol
Com o consumo, os níveis do colesterol bom (LDL) e dos triglicerídeos ficam controlados. Assim, a pressão arterial também fica em dia.

6- Prevenção do câncer
Seus componentes são considerados quimiopreventivos, antimutagênicos e anticarcinogênicas, o que previne vários tipos de câncer.

7- Combate a diabete
A capsaicina reduz o nível de glicose sanguínea e aumenta as taxas de insulina.

8- Atua no sistema circulatório
Suas vitaminas A, C, algumas do complexo B, além do potássio e do cálcio fazem com que a pimenta seja ótima para o sistema circulatório. Suas substâncias impedem a formação de coágulos e aumentam o calibre dos vasos sanguíneos, diminuindo as chances de um ataque cardíaco ou AVC (acidente vascular cerebral).

9- Afasta a depressão e alivia a dor
Pela presença de adrenalina e noradrenalina, quem consome a pimenta acaba ficando em estado de alerta, o que melhora o ânimo de pessoas deprimidas. Ao aumentar o fluxo sanguíneo periférico ela pode ajudar em casos de enxaqueca. Além disso, a capsaicina atua em dores de cabeça, mucosite oral, alergia cutânea e tumor de pele.

10- Ação anti inflamatória
Mais uma vez, a heroína é a capsaicina, que tem forte ação anti-inflamatória. Especialistas indicam o consumo diário de seis pimentas dedo-de-moça ou meia pimenta malagueta por dia, para atingir as taxas necessárias de capsaicina.
Quanto mais forte o sabor da pimenta, maior o seu conteúdo de capsaicina, que está presente principalmente nas sementes e nas nervuras da casca da pimenta.