terça-feira, 14 de agosto de 2018

Quem não deve usar gengibre

A cada dia O Gengibre fica mais popular entre as pessoas que desejam emagrecer, por ser um termogênico natural que acelera o metabolismo e, com isso, a queima de gordura. A raiz também contém propriedades anti inflamatórias que ajudam a eliminar a celulite, além de proporcionar outros benefícios à nossa saúde, como o aumento da imunidade e a prevenção de doenças.

Embora seja um produto natural que proporciona muitos benefícios ao organismo humano, o gengibre não pode ser consumido por todas as pessoas.

Para algumas pessoas, o gengibre pode não ser muito bom. Por isto, antes de incluí-lo em seu cardápio, é importante verificar se você realmente pode consumir a raiz sem nenhum risco. Confira a seguir quais são as pessoas que não deveriam consumir gengibre:
Quem não deve consumir Gengibre

Gestantes
O gengibre é contraindicado para as mulheres grávidas, principalmente nos três primeiros meses de desenvolvimento do feto, pois a raiz contém estimulantes poderosos que podem provocar contrações prematuras e até um aborto espontâneo.

Portanto, recomenda-se que as gestantes evitem o gengibre durante todo o período de gravidez.

Hipertensos
Os indivíduos que sofrem de pressão alta não devem consumir gengibre, pois a raiz acelera o metabolismo e aumenta a vasodilatação, o que descontrolar a pressão arterial.

A contraindicação estende-se inclusive às pessoas que tomam medicação e têm o problema sob controle.

Hemofílicos
O gengibre contém propriedades que estimulam a boa circulação sanguínea, o que é geralmente é bom para as pessoas, exceto para quem sofre de hemofilia.

Alguns estudos apontam que o consumo da raiz pode alterar a coagulação e predispor sangramentos, o que é ruim para os hemofílicos. Por este motivo, quem sofre com a condição, caracterizada pela dificuldade de coagulação do sangue, deve cortar o gengibre do cardápio.

Pessoas que desejam engordar
Por auxiliar na redução do apetite e promover a queima de gordura, o gengibre é um excelente aliado para os indivíduos que desejam emagrecer. No entanto, estes benefícios tornam-se malefícios quando a pessoa precisa ou deseja ganhar peso.
Assim sendo, o gengibre deve ser evitado por quem quer engordar.

Pessoas que tomam medicamentos
Se você está tomando remédios para tratar a diabetes ou hipertensão, você também deve evitar o gengibre, pois a raiz vai interagir com o medicamento e causar efeitos adversos.

Os fitoterápicos à base de gengibre podem interagir com os bloqueadores de canal de cálcio (tratamento da hipertensão), os hipoglicemiantes orais (diabetes) e alguns anticoagulantes (utilizados em trombose ou em casos de cirurgias).

ATENÇÃO:
Esta é uma matéria de caráter informativo, portanto, antes de iniciar qualquer tratamento, procure orientação médica.